terça-feira, 26 de outubro de 2010

Apenas sofrer

Peço desculpa por nunca mais ter escrito nada
Mas roubaram-me a alma
Sem ela nada consigo escrever
Sem ela nao consigo viver

Neste momento nao tenho nada
Apenas sinto raiva

Não consigo olhar para nenhum lado sem te ver
Não consigo olhar para a frente sem ver o qe me fizeste sofrer

Agora apenas só me resta a vingança
E a vontade de fazer justiça

quarta-feira, 24 de março de 2010

Saudades


Tenho saudades dos momentos que passei contigo
Saudades dos momentos que desapareciamos sem ninguem ver
Saudades de fugir contigo por alguns momentos sem ninguem saber

Saudades de te beijar
Saudades de sentir os teus labios nos meus
Saudades de tocar no teu corpo
Saudades de te sentir tocar no meu

Tenho saudades de tudo o que passamos
Tenho saudades de ti

Poema

Um poema é algo extraordinário

É a alma de quem o escreve
É os olhos de quem o vê
É os ouvidos de quem o ouve
É a boca de quem o lê
É o coração de quem o sente

Um poema é um momento de inspiração
Um momento que vem mas passa

Um poema é algo que limpa a alma
É algo que serve para nos exprimir-mos
Que serve para por a vida com sentido


Anjo Negro

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Amigos

Os amigos são pessoas com quem podemos contar
São pessoas que nos ajudam em horas de desespero
Que por muito que tenhamos errado
Estão sempre la para apoiar

Os amigos têm sempre uma palavra amiga
Estao presentes em qualquer momento
Nunca nos deixam só

Quando estamos em baixo eles vem apoiar-nos
mesmo que para isso tenham que ouvir os nossos problemas


dedicado ao grifo


anjo nagro

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Só com corpo e raiva

o meu sorriso desapareceu,
a minha alegria fugio,
a minha alma perdeu-se,
fiquei sosinha no escuro sem sorriso, sem alegria, sem alma,
só estava presente o meu corpo e a raiva de me teres tirado o vida,
estava lá sosinha mas tu vies-te e roubaste-me todo,
de mim so restou o corpo e a raiva,
mas dentro de tanta raiva tambem havia a paixao,
por isso continuo a amar-te sem alma mas com o coração.

A desilusão

É dificil olhar para ti sem te poder dizer nada, sem poder gritar que te amo e que nao consigo viver sem ti, mas sei que nao sentes o mesmo por mim por isso tento conter-me.
É dificil uma a miga saber o que sinto por ti mas vir dizer-me que pediste para curtir com ela.
Chorar ja nao adianta nada, mas esquecer nao consigo.

Um olhar diferente

Um dia olhei para ti e vi-te como um bom amigo,
noutro dia olhei para ti e vi-te como um grande amigo que me ajuda quando preciso,
dias depois voltei a olhar e vi-te como uma grande paixao de onde nao consigo sair.